Ocorreu um erro neste gadget

18 setembro 2009

CONSCIENTE: SAIBA O QUE FAZER PARA SE TORNAR UM CONSUMIDOR ECO-FRIENDLY

(publicado em 18.09.09)

Fonte: InfoMoney

O consumo consciente entrou definitivamente na pauta da sociedade. Por isso, muita gente tem procurado, por exemplo, separar o lixo de casa. Entretanto, a atitude não é suficiente para tornar uma pessoa um consumidor eco-friendly.


Antes de tudo, é preciso "disposição para incorporar o conceito do consumo responsável no cotidiano e o comprometimento em estar atento para identificar produtos, serviços e comportamentos de consumo que são de fato eco-friendly", avalia o diretor-geral da agência de pesquisa qualitativa Voltage, Paulo Roberto Al-Assal, que acrescenta: "Fugir das armadilhas pseudo-verdes é uma tarefa diária!"

Atitudes


Ainda na visão de Al-Assal, minimizar o consumo é a forma mais socialmente responsável de agir. Um exemplo é a adoção do uso racional de água e luz. "Quando for adquirir produtos como lâmpadas, por exemplo, cheque se o supermercado possui as que aumentam a eficiência do consumo; as fluorescentes. A economia das lâmpadas fluorescentes chega a 80% e a vida útil é de oito mil horas versus mil horas das incandescentes", diz.

O especialista lembra ainda que é muito importante que o consumidor opte por produtos duráveis, visto que, por mais prático que sejam, os descartáveis são danosos ao meio ambiente e geram um lixo desnecessário.


Além disso, abra mão de sacos, papéis, caixas e envelopes como forma de transportar compras e adote as eco-bags. Apoie empresas e organizações não-governamentais que investem em produtos recicláveis e ambientalmente corretos, pois adquirir estes produtos, diz Al-Assal, é um ato de consumo consciente.


Informe-se e investigue


Para se tornar um consumidor eco-friendly é necessário sempre se informar e investigar os produtos e as marcas que está consumindo, alerta o diretor-geral da Voltage. "Sem informação, o consumidor não pode ser consciente e atuante. Mas, com a informação certa, pode ser um consumidor melhor, um cidadão melhor", afirma.


Al-Assal diz que é tarefa do consumidor investigar o impacto ambiental e as ações de marketing sustentável das marcas preferidas, bem como tomar o cuidado de ler as embalagens do que está adquirindo, a fim de evitar comprar falsos eco-friendly.


No mais, o consumidor, sempre que possível, deve optar por produtos nacionais, especialmente da região em que reside, privilegiar os produtos orgânicos e se familiarizar e verificar as certificações ecológicas/orgânicas, que certificam a sustentabilidade das mercadorias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails