Ocorreu um erro neste gadget

13 fevereiro 2012

OI DE VOLTA! :DDD

Por Súria Neiva

Confesso que me fez muita falta escrever no Saiba Blog. Sim, acabou o ano sabático de fim de faculdade – estou graduada e trabalhando em uma empresa maravilhosa, moda infantil soteropolitaníssima, pioneira e com interesse real na infância. Ah! Semana que vem, quero ver se não volto com uma entrevista bem bacana com as diretoras da empresa (sim, estou fazendo suspense).

Viram? Minha cabeça é uma pipoqueira de ideias. Só que... como muitas e muitos blogueiros bem sabem, a velocidade da informação hoje está quase alcançando a do pensamento e não estar lendo e compilando, pensando matérias interessantes para blogar no Saiba Blog - nossa, estar longe daquilo e daqueles que te motivam, faz toda a diferença na vida. Sentar no laptop para escrever para o Saiba, vocês tinham que saber, me faz bem. Voltando agora em pleno aniversário da Person Design, super mais ótimo ainda! Sabe, ter tantas ideias pipocando, mas estar em um ambiente em que se deseja servi-las que é desmotivador e insosso, dá um desespero no coração. Parece que tudo murcha, inclusive as pipocas.

Não basta apenas coragem, vocês sabem, para sentar e escrever um texto. Parece piegas, e assumo, é meio piegas mesmo, mas muita gente não consegue escrever. Para antes mesmo de se treinar a comunicação escrita, a pesquisa e a criação do texto, existem outros empecilhos, os emocionais: não falta quem não se acha bom o suficiente, quem tem medo de se expor, das críticas, receio de falar bobagem, e quem sabe até de estar perdendo tempo. De estar investindo na informação menos interessante.

Agora extrapolem esses sentimentos de estar em frente a um papel em branco, mesmo se for o da tela do laptop - e se vejam imaginando ter sua própria empresa, sua própria marca; todos os pensamentos e sentimentos que se seguem, todos os pré-planejamentos... Não quero falar de fatores econômicos, mas de fatores internos. E é uma expressão que aprendi no Fazendo Moda, da Doris Treptow, que traduz - aliás, é o superlativo - do conceito de motivação: arrebatamento ético.

Se fazer imune ao pessimismo, aos sutis boicotes dos experientes-em-tudo, às críticas destrutivas e, o que é pior, ter que se fortalecer contra a inveja velada e seus banhos de agua fria, é mais desestimulante que o nada de um A4 imaculado. Mas a força de um arrebatamento ético faz desses desafios, desses verdadeiros ataques à alma, apenas ventos frios de um inverno passageiro. Um tempo de recolhimento, para o desabrochar. E acredito que ter a coragem de escrever um texto, de pensar em um projeto de vida, de estruturar sua marca, de enfrentar as estações, e de se saber autodesignado para uma realização que vai trazer benefícios para si e para outros, sinceramente: é o que faz o sol nascer mais bonito todos os dias.

Em relação ao design de moda, ao escrever e em especial, escrever aqui no Saiba Blog, que tão carinhosamente me acolheu, o calor do arrebatamento ético é a sensação mais gratificante. O inverno já passou, e juntos podemos comemorar os cinco anos da Person Design.

Person Design: parabéns por mais esta primavera! Que seu trabalho continue inspirando mais e mais assomos de coragem em muitos corações baianos e brasileiros.

19 outubro 2011

“IDENTIDADE VISUAL” COM ALEXANDRE WOLLNER EM SALVADOR


Alexandre Wollner estará em Salvador, Bahia, nos dias 03 e 04 de dezembro, para ministrar o curso de Identidade Visual, promovido pela Penso Eventos, desta vez, em parceria com o #DesignBaiano - que reúne profissionais de todo o Estado, com o objetivo de divulgar o mercado do design baiano.


O curso, que já aconteceu com sucesso no Rio de Janeiro, em Curitiba e São Paulo, discutirá influências, processo criativo, práticas e princípios que norteiam a construção de significado de sinais e de programas de identidade visual, por meio da apresentação de trabalhos práticos.

Pioneiro na ampliação e na profissionalização do espaço de atuação do designer no Brasil, Wollner fez parte, a convite de Max Bill, da primeira turma da Escola Ulm, na Alemanha, que serviu de modelo para a primeira escola de Design no Brasil, a ESDI, no Rio de Janeiro, criada em 1963, onde foi um dos fundadores e professor de comunicação visual. Também criou, em 1958, o primeiro escritório de Design do País, o Form-Inform, desenvolvendo identidades para empresas como Banco Itaú, Hering, Philco, Eucatex, Metal Leve e Indústrias Klabin.


O curso acontecerá no “Pestana Bahia Hotel” (rua Fonte do Boi, 216 – Rio Vermelho) e as inscrições podem ser feitas com desconto até 03 de novembro, pelo site Penso Eventos.

Evento no facebook

VAGAS LIMITADAS.






Serviço
Identidade Visual com Alexandre Wollner - Salvador – Bahia
Dia 03, das 8h às 17h / Dia 04, das 9h às 15h
Local: Pestana Bahia Hotel (Rua Fonte do Boi, 216 – Rio Vermelho)
Programação completa e inscrições: eventos.pensodesign.com.br
Vagas limitadas

11 outubro 2011

UMA JAM EM FAVOR DA SUSTENTABILIDADE


Que tal salvar o mundo em apenas 48 horas? Durante este tempo, você e um grupo de colegas, amigos e pessoas completamente desconhecidas vão projetar um novo serviço ou produto que podem ajudar a salvar o planeta e apresentar esta ideia para o resto do mundo. Este é o desafio proposto pelos organizadores da primeira edição da Global Sustainability Jam.

No final de semana de 28 a 30 de Outubro, pessoas interessadas em um método criativo baseado em design vão se encontrar em 48 cidades espalhados pelo mundo. Elas vão co-criar ideias, prototipar conceitos e ficar um monte de tempo em frente a um quadro branco rabiscando e discutindo. Todos estarão ligados a pessoas criativas pelo mundo, trabalhando de variadas formas a fim de encontrar respostas diferentes para um mesmo desafio, dividindo problemas, conselhos e insights. Salvador e outras 4 cidades brasileiras (São Paulo, Curitiba, Belo Horizonte e Porto Alegre) estão na lista das cidades sede. Ver todas.

Todo mundo é bem-vindo - designers, especialistas em sustentabilidade, professores, empresários, hackers, artistas, estudantes, crianças, médicos, metereologistas, avós - serão formados times que trabalharão por 48 horas para criar ideias novas e realistas capazes de fazer a diferença para o mundo. A massa para fazer este acarajé depende da mistura de pessoas talentosas e engajadas em experimentar e aceitar desafios, cada um formando uma parte da receita.

O que é uma Jam?

Você já viu uma roda de capoeira? Quando elas se formam, não importa se os capoeiristas se conhecem, eles levam apenas suas habilidades e as mentes abertas e sempre acontece um espetáculo improvisado ao som do berimbau e do pandeiro. Eles lutam juntos sem saber exatamente qual o próximo golpe, mas a dança flui com imensa sincronia. Isso é uma jam! Você não analisa profundamente, não discute até a morte, apenas improvisa. Você joga suas ideias contra as de outras pessoas e, como na capoeira, a obra nasce espontaneamente. Ah, e só dá pra fazer tudo isso em coletivo, quando os conhecimentos, sentimentos e habilidades de todos dão aquele sabor do dendê. Afinal, acarajé sem vatapá, pimenta, camarão e dendê não dá, né?

Como funciona?

Um desafio será apresentado para que todas as cidades tentem resolvê-lo, mas só conhecerão às 18:30h do dia 28. O tema estará ligado à sustentabilidade, percorrendo aspectos ecológicos, econômicos, culturais, sociais, filosóficos e humanistas. Haverão mentores e especialistas para guiar as atividades dos grupos durante as jams. O objetivo final é que todas as ideias sejam registradas online e disponibilizadas para o mundo. Quem sabe não tem mais gente interessada em fazer tudo isso acontecer?

Salvar o mundo não parece uma questão muito simples de se resolver, e ninguém chegará a respostas enquanto não tiver realmente pensado nelas. Junte-se a nós na Salvador Sustainability Jam 2011! Envie um e-mail para queroparticipar@salvadorjam.cc contando o porquê você quer participar.

Participe também utilizando a hashtag #GSusJ11 no twitter e curtindo as páginas das cidades sede no Facebook: Salvador, Porto Alegre, Belo Horizonte e Curitiba.

Breve será divulgado o local do evento.

27 setembro 2011

LANÇAMENTO: O FATOR VDM: UM GUIA ANTIDESASTRES EM PROJETOS CRIATIVOS, PARA PROFISSIONAIS CRIATIVOS E CLIENTES

LANÇAMENTO

Quinta-feira, 29 de setembro, Oi Futuro – Evento Multiplicidade, 19h00, Rio de Janeiro.










Em 2002, o designer Michel Lent, escreveu um seminal texto chamado “Cliente Ordinário” em que apontava que os diversos problemas de relacionamento entre profissionais criativos e seus clientes estava na ausência de uma cultura projetual comum. Quase dez anos depois, pouca coisa mudou.

Com o lançamento das duas versões de O Fator VDM: Um Guia Antidesastres em Projetos Criativos, o jornalista e gestor de projetos Luis Marcelo Mendes cobre justamente essa lacuna, oferecendo as bases de entendimento para qualquer projeto criativo: seja a criação de um site, o relatório de uma empresa, uma campanha de comunicação do terceiro setor ou uma ação cultural.

Na versão para profissionais, os criativos entenderão que o otimismo é um veneno; que nesse jogo a regra não é clara, portanto é fundamental estabelecer combinações “bem combinadas” e que o briefing é onde a mágica acontece.

Já na versão para clientes, gestores conhecerão o que passa na cabeça do profissional criativos; boas práticas de contratação criativa; de aprovação dos projetos e de manter o medidor VDM sempre ligado para evitar desastres.

Em 2004, o cantor e compositor Chico Buarque sugeriu que o governo criasse o Ministério do Vai Dar Merda, para assessorar nas decisões estratégicas. O Fator VDM é esse ministro de bolso para ajudar criativos e clientes a estabelecerem uma cultura comum e produzir bons resultados.

SERVIÇO

Fator VDM: Um Guia Antidesastres em Projetos Criativos para Profissionais de Luis Marcelo Mendes, Ímã Editorial, 152 páginas
Formato: 14×20

Impresso: R$ 34,00
 eBook (ePub e mobi): R$ 19,90
(Frete grátis para todo o Brasil)

Fator VDM: Um Guia Antidesastres em Projetos Criativos para Clientes de Luis Marcelo Mendes, Ímã Editorial, 168 páginas
Formato: 14×20
Impresso: R$ 34,00
 eBook (ePub e mobi): R$ 19,90
(Frete grátis para todo o Brasil)

Facebook: www.facebook.com/ofatorvdm Site: www.imaeditorial.com/ofatorvdm

Download de imagens: luismarcelomendes.squarespace.com/storage/vdm/kit.zip

PÚBLICO-ALVO

VDM PROFISSIONAIS: Profissionais e estudantes de comunicação, marketing, design, atendimento, web, mobile, mídias sociais.

VDM CLIENTES: Diretores e gerentes de comunicação e marketing, art buyers, empresários e gestores de empresas privadas e públicas.

SOBRE O AUTOR

LUIS MARCELO MENDES é jornalista e gestor de projetos criativos. Durante dez anos esteve à frente da Tecnopop, uma das mais versáteis agências de design do país, envolvido com projetos de todos os formatos, portes, áreas e mídias.

SOBRE A EDIÇÃO

Existem diferenciais importantes desses livros:

Novo modelo de negócios. O autor é sócio do editor, ao invés de receber os 10% padrão da indústria editorial.
Contato totalmente próximo com os leitores através das mídias sociais. Abre espaço para leitores contribuem com artigos e cases (seção Extended Play).
Lançamento da Ímã Editorial, apostando na impressão on demand. Portanto é um livro que não termina. Sempre atualizando tanto impresso quanto eletrônico.

OPINIÕES

“A versão para clientes de O FATOR VDM ajuda a pensar no profissionalismo necessário ao bom relacionamento das partes e na maturidade para evitar ciladas típicas. Quem contrata serviços criativos deveria manter sempre à mão esse livro altamente recomendável”.

ADRIANE GAZZOLA
Fundação Roberto Marinho

“O FATOR VDM preenche uma lacuna na biblioteca básica de qualquer profissional, empresa ou orgão que lide com a gestão de projetos criativos. É uma abordagem inteligentemente pé no chão que vai ajudar você a evitar as armadilhas que cada projeto esconde e, definitivamente, a se tornar um profissional melhor”.

BRUNO PORTO
Autor do livro Vende-se Design

--------------------------------------------------------------------------

Em breve teremos o lançamento dos livros em Salvador, aguardem novidades!
Related Posts with Thumbnails