Ocorreu um erro neste gadget

09 julho 2008

DOCUMENTÁRIO: "A FOLHA QUE SOBROU DO CADERNO"

(publicado em 09.07.08)

Todos os anos uma leva de designers se formam nos quatro cantos do Brasil e uma pergunta inquietante não quer calar: estarão esses futuros profissionais sendo preparados para enfrentar as múltiplas realidades do nosso país? Existiria uma estrutura de curso ideal para formar os profissionais de design adequados à nossa realidade? A quem interessa manter um formato de ensino ultrapassado e ineficiente? Você já parou para pensar em seu papel diante disso tudo?

"A folha que sobrou do caderno" é um instigante documentário resultante de uma inquietação pessoal em congruência com uma preocupação coletiva: precisamos discutir e reformar o ensino de design no Brasil. São colocadas opiniões sobre modelos ideais de cursos e o papel que professores e estudantes desempenhariam nesses modelos, bem como discussão sobre formação tecnológica e teórica. A estrutura atual do ensino, questionamentos sobre pesquisa e atualização tanto por parte dos professores como dos estudantes também são abordados. A organização estudantil como transformadora da realidade e o Movimento Estudantil fornecem o fechamento das discussões. Em "A folha que sobrou do caderno", História, depoimentos e atitudes são os principais ingredientes para alcançar a maior proposta do filme: PROVOCAR

Para assistir: video.google.com/videoplay?docid=3328923649270546691

Opiniões: design.com.br/blog/documentario-a-folha-que-sobrou-do-caderno


E você estudante, designer, educador? Está satisfeito com nosso modelo de educação? Acha que as escolas de nível superior na Bahia e no Brasil estão formando cidadãos? Estão formando profissionais preparados para a realidade do mundo?

Vamos! Queremos ouvir sua opinião! Juntos somos mais fortes!


Produção: Boana Estúdio http://www.boanaestudio.com.br/

Um comentário:

  1. Sou designer gráfico e estou concluindo minha pós-graduação em docência do ensino superior. A área acadêmica sempre me atraiu, mas hoje, depois de pesquisar e conhecer mais sobre educação, sinto-me completamente apaixonada por ela.

    O vídeo prendeu minha atenção do início ao fim, pois muito do que foi dito eu acredito e pretendo utilizar com meus alunos, digo “pretendo” porque meu lado “educadora” ainda não atuou em “sala de aula”, por enquanto está em minha família, com meus clientes, enfim, em minha vida social.

    Fico feliz quando vejo professores e alunos querendo e buscando mudanças, isso fortalece o design e a formação do cidadão, mas por outro lado, fico triste quando lembro que a educação está atrelada ao capitalismo econômico e que depende de mais coisas, além da nossa vontade, para que algo se transforme. Mas acredito que a mudança começa em nós, alunos querendo aprender e professores querendo fazer parte desse processo.

    “não há docência sem discência”, Paulo Freire

    Parabenizo os criadores do vídeo e espero que ele tenha despertado a consciência de que precisamos lutar por nossos ideais e exigir de nossos governantes, coordenadores, professores, colegas e de nós mesmos atitudes eficazes para nossa educação.

    Ana Paula Paixão

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails