Ocorreu um erro neste gadget

07 abril 2010

RUMO A UM AMPLO E DEMOCRÁTICO ENCONTRO NACIONAL DE PROFISSIONAIS E ESTUDANTES DE DESIGN

(publicado em 07.04.10)

O design ganhou assento no Conselho Nacional de Política Cultural.

O nosso colega Freddy van Camp foi escolhido para representar o setor de design neste conselho. É um colega que milita neste campo há muitos anos e jaz jus a essa nomeação.

A nomeação representa um passo dado no sentido da inserção do design no Plano Nacional de Cultura e no Sistema Nacional de Cultura. Iniciativa desencadeada a partir da I Preconferencia Setorial de Design. Infelizmente, ainda pouco se sabe sobre este evento e sobre a II Conferencia Nacional de Cultura. Portanto, vamos ser um pouco repetitivos, tendo em vista sua divulgação, bem como, estender o convite para que nossos colegas venham a participar ativamente da implementação de suas diretrizes.

A II Conferencia Nacional de Cultura, foi realizada entre os dias 11 e 14 de março do corrente, precedida pela I Preconferencia Setorial de Design. A importância desses eventos não teve correspondência com sua precária divulgação, que prejudicou a participação, as discussões e a representação do setor. Inicialmente porque não disponibilizou informações em tempo hábil. Informações que facultassem a participação de todos interessados. Posteriormente, pela dificuldade de socializar os resultados dos eventos.

Diante disto, setores expressivos de nossa área de atividades ainda continuam alheios às proposições aprovadas e à margem dessas discussões, que podem influir positivamente na inserção do design ou desenho industrial na agenda do Ministério da Cultura- MINC. É importante ressaltar que essas ações podem produzir resultados expressivos na ampliação e consolidação de nosso campo de atividades.

A partir do reconhecimento de que nossas iniciativas têm sido muito tímidas ou débeis, até o presente momento, devemos assumir o compromisso de divulgar, sensibilizar, envolver e mobilizar nossos colegas para a concretização desses propósitos.

É preciso levar essas informações a ambientes de trabalho e instituições de ensino, para que não se reproduza a deficiente divulgação, o eventual alijamento de colegas e o esvaziamento, observados na I Preconferencia Setorial Design.

Temos uma responsabilidade, que deve ser compartilhada, de modo a assegurar o direito de todos participarem dessas discussões.

O próximo passo é a realização de um encontro aberto à participação de todos os interessados. Contudo, antes de propormos unilateralmente um seminário ou encontro, patrocinado pelo Ministério da Cultura- MINC, é importante que convidemos as entidades de representação, as instituições de ensino e pesquisa, as agências de fomento, os diferentes segmentos profissionais, entre outros, para contribuírem com essa convocação.

É preciso que organizemos uma agenda factível, prevendo a divulgação de informações, a formulação de uma pauta de discussões, a abertura para que todos interessados façam proposições e se inscrevam, bem como um cronograma de atividades que seja exeqüível. Ou seja, uma agenda que viabilize a divulgação, a organização e o êxito deste fórum de discussão com a participação do maior número de interessados e prime pela melhoria da qualidade das nossas formulações coletivas.

Apesar dos significativos avanços que obtivemos, não podemos reproduzir erros observados na realização da I Preconferencia Setorial de Design.

Contribuição: Wagner Braga Batista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails