Ocorreu um erro neste gadget

24 janeiro 2011

JUNTOS TEMOS VISÃO ALÉM DO ALCANCE

Por Carla Piaggio

O simples exercício de olhar atentamente o ambiente ao nosso redor pode nos mostrar o quanto o design participa do nosso modo de vida. Do computador aos livros, passando pela cadeira, a porta, a caneta, o telefone. Como bem disse Henry Petroski: “praticamente toda experiência sensorial urbana foi tocada por mãos humanas, portanto, a grande maioria de nós vivencia o mundo físico depois de filtrado pelo processo de design.” (A evolução das coisas úteis. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2007)

O Design está tão presente em nosso redor por ser uma profissão que tangencia diversas áreas do conhecimento. Quantas vezes sua tia já pensou que você sabe tudo sobre decoração ou moda? Quantos designers já conheceu que trabalham somente com algo específico como iluminação, carros, jornais corporativos, games? Há uma paleta enorme de campos de atuação que está sempre se renovando. A variedade amplia nossas possibilidades de identificação pessoal e escolha e também a multiatuação.



Quadro demonstrativo com principais áreas de atuação e campos diretos de interseção
O que não podemos perder de vista é quanto os projetos enriquecem quando atuamos em equipe multidisciplinar. Prova disso são as clássicas duplas redator/diretor de arte, jornalista/diagramador, webdesigner/desenvolvedor. E muitas outras parcerias ocorrem ou podem ser formadas somando informações técnicas que os participantes sequer imaginavam. É uma experiência positiva de aprendizado e troca.

Busque para si essa forma de trabalho. Por mais que o mercado local exija o designer faz-tudo e a redução de verba, sempre que possível incorpore aos trabalhos a participação ou consulta de outros profissionais, inclusive designers que atuam em outros focos, e ofereça resultados melhores.

 
--
 
 
Carla Piaggio é designer gráfica, graduada há quatro anos pela Uneb. Atua principalmente na área editorial. Interessada em informações construtivas e positivas, está sendo postando no @carlapiaggio.

2 comentários:

  1. Assino em baixo, Carla! A troca de conhecimentos é o melhor caminho para o crescimento pessoal e para alcançar os melhores resultados. Não é uma regra, mas trabalhos participativos costumam ser sempre mais ricos que os feitos apenas a duas mãos.

    Designeres solos tendem a ser reféns dos seus próprios repertórios.

    E sim, minha tia acha que eu entendo tudo sobre conserto de computadores.

    Bjo Carla, Bjo Person!

    ResponderExcluir
  2. Falou bem, Carla! Um segundo ponto de vista é enriquecedor em quase tudo na vida, e no caso do design essa regra também vale.
    Reunir habilidades diversas só tende a deixar um projeto cada vez mais rico. Bjo!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails